28°
Máx
17°
Min

Após ganhar liberdade, vereador Luizinho Gari volta à Câmara

(Foto: Ronaldo Vanzo/Rede Massa) - Após ganhar liberdade, vereador Luizinho Gari volta à Câmara
(Foto: Ronaldo Vanzo/Rede Massa)

O vereador Luizinho Gari retornou às sessões da Câmara Municipal de Maringá na manhã deste domingo (3). Ele ficou detido dez dias por ordem do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, acusado de injúria e ameaça contra a ex-esposa. 

No tempo em que esteve detido, Luizinho Gari não se afastou formalmente do Legislativo. Por meio de sua assessoria, apenas comunicou a Casa que não participaria das sessões. 

Neste domingo, a Câmara fez uma sessão extraordinária para aprovar o reajuste parcelado de 11,08% aos servidores e Luizinho Gari esteve presente.