21°
Máx
17°
Min

Após matar, homem espera delegacia abrir para confessar crime

(Foto: João Gimenes / Rede Massa) - Após matar, homem espera delegacia abrir para confessar crime
(Foto: João Gimenes / Rede Massa)

O responsável pela morte de um homem de 36 anos na manhã desta terça-feira (14) na rua São João de Arimatéia, no bairro Sítio Cercado, em Curitiba, se apresentou voluntariamente no 10º Distrito Policial, no mesmo bairro, logo depois do crime. O homem de 42 anos alegou legítima defesa.

Segundo informações apuradas pelo repórter João Gimenes, da Rede Massa, o homem foi para a delegacia logo depois do crime. Ele esperou a unidade abrir para se apresentar. O homem, que trabalha em uma montadora de automóveis e cursa engenharia, tem porte legal de arma.

(Foto: João Gimenes / Rede Massa)(Foto: João Gimenes / Rede Massa)

Ele relatou aos policiais que vinha sendo ameaçado pela vítima, que era usuário de drogas. O responsável disse que seus sogros alugaram um imóvel para o homem, que não pagava aluguel e teria transformado o local em um ponto de consumo de drogas. A situação parou na justiça e, por conta disso, ele passou a ser ameaçado.

Na manhã de hoje, ele foi para a casa dos sogros e encontrou o homem, que fez menção de ataca-lo. Foi quando ele sacou a arma e disparou três vezes contra o homem, que morreu no local. Na delegacia, ele alegou legítima defesa.

Colaboração João Gimenes / Rede Massa