22°
Máx
17°
Min

Após morte de preso, detentos gravam vídeo na delegacia de Cambé

Um dia depois de presos da delegacia de Rolândia gravarem um vídeo ao vivo no Facebook, mais uma vez um smartphone foi usado pelos detentos para divulgar gravações.

Desta vez, os presos de Cambé protestam pela morte de José Esposto Neto, de 62 anos, ocorrida na quinta-feira (11) dentro da delegacia local. Eles enviaram um vídeo ao programa Tribuna da Massa para reclamar da ação do Setor de Operações Especiais da Polícia Civil (Soe).

Em uma revista, presos teriam resistido à iniciativa e houve um tumulto nas celas, contido inclusive com disparos de bala de borracha.

Durante a confusão, o preso teria infartado. Segundo o delegado Roberto Fernandes, o Samu foi acionado e tentou reanimar o detento por quase 40 minutos, sem sucesso. “Foi uma fatalidade, não houve violência. O preso já tinha problemas de saúde”, afirma o delegado.

O laudo inicial do Instituto Médico Legal (IML) aponta para “causa indeterminada” da morte.

Um inquérito foi instaurado na delegacia de Cambé para apurar as circunstâncias do falecimento do preso.

José Esposto Neto cumpriu pena por tráfico de drogas em Ibiporã e, após conseguir a  liberdade, voltou a ser preso em flagrante pelo mesmo crime.