28°
Máx
17°
Min

Após morte do “Sr. Luiz”, moradores de Contenda realizam protesto pedindo por mais segurança

Após morte do “Sr. Luiz”, moradores realizam protesto

Cinco dias depois da morte do “Sr. Luiz”, proprietário de uma farmácia em Contenda, que foi baleado durante um assalto e não resistiu aos ferimentos – fato que comoveu a cidade –, os moradores organizaram um protesto, pedindo mais segurança no município da Região Metropolitana de Curitiba.

Cerca de 100 pessoas participaram da manifestação. Eles levaram cartazes pedindo por mais policiamento no município e com mensagens lembrando a morte do “Sr. Luiz”. “Os comércios estão fechando as portas, com medo dos assaltos”, afirmou um morador.

O grupo se concentrou em frente à Igreja Matriz da cidade e saiu em passeata por volta das 9h30. “Estamos protestando pela falta de segurança e pelo descaso público nesta cidade”, destaca o texto publicado em redes sociais para chamar a população para participar da manifestação.

Outro assalto

Enquanto os moradores se organizavam para iniciar o protesto, uma agência do Correios no município foi assaltada. De acordo com a Polícia Militar, três homens armados entraram na agência, amarraram as pessoas no local e fugiram com uma quantia em dinheiro em uma Fiat Strada vermelha. Eles ainda não foram encontrados.

Polícia Militar

Em nota, a Polícia Militar informou que atende a região com policiamento preventivo e ostensivo, "utilizando os meios e materiais que possuí". Ainda afirmou que cerca de dois mil policiais deve se formar no próximos meses e serão distribuídos por todo o Paraná, onde houver maior necessidade. Por fim, pediu para a população ligar para o 190 em caso de crimes ou atitudes suspeitas, pois "contribui com o atendimento da solicitação e auxilia as bases estatísticas, para que seja reforçado o policiamento, se necessário".