24°
Máx
17°
Min

Após reunião, greve do transporte coletivo está descartada

(Foto: Brunno Covello/SMCS) - Após reunião, greve do  transporte coletivo está descartada
(Foto: Brunno Covello/SMCS)

A paralisação dos trabalhadores do sistema de transporte coletivo está descartada. Representantes dos motoristas e cobradores se reuniram na tarde desta segunda-feira (23) com a Urbs e decidiram por suspender a greve.

O presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba (Sindimoc), Anderson Teixeira, afirmou que dois fatores contribuíram para a decisão da categoria. “Foi determinante uma somatória de fatores. Um dos pontos foi a explicação de que o percentual de multas aos trabalhadores é totalmente diferente do que foi apresentado no primeiro momento e que são passíveis de serem saneadas”, disse.

A outra questão foi o compromisso entre a categoria e a Urbs de discutirem uma mudança no sistema de cobrança de multas, que não cause prejuízos aos trabalhadores. As reuniões devem acontecer nos próximos 15 dias. “O sistema de transporte coletivo continua operando normalmente”, garantiu Teixeira.

A Urbs informou que, durante a reunião, reforçou a informação de que apenas R$ 58,8 mil dos R$ 2,6 milhões cobrados seriam referentes a infrações dos operadores em 2012. Estas multas podem se enquadrar em medidas saneadoras, em que os trabalhadores passam por cursos de reciclagem.