22°
Máx
14°
Min

Após um ano, Centenário do Sul volta a registrar homicídio

(foto: Jornal Terceira Opinião) - Após um ano, Centenário do Sul volta a registrar homicídio
(foto: Jornal Terceira Opinião)

A sensação de segurança se mudou da cidade de Centenário do Sul (91 km de Londrina) nesta semana. A cidade de 11 mil habitantes completaria nesta terça-feira (8) um ano sem registro de homicídio.

No entanto, uma morte violenta foi registrada na noite de segunda-feira (7). Thiago Faria da Cruz, de 27 anos, foi morto a tiros na avenida Vanderlei Antunes de Moraes, principal via da cidade.

Logo após a ocorrência, o apontado como autor do homicídio foi baleado pelo irmão da vítima em retaliação ao crime.


 “Pelo que apontam preliminarmente as investigações, o crime foi gerado por desentendimento entre as duas partes por tráfico de drogas. A vítima tinha duas passagens por tráfico, duas por furto e tinha medida protetiva em relação à mãe por agressão”, relata o sargento Esteves.

O corpo de Thiago Faria da Cruz foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Londrina.

Centenário do Sul foi palco no sábado (5) de intensa troca de tiros entre policiais militares e uma quadrilha especializada na explosão de caixas eletrônicos.

 Três policiais foram baleados enquanto caixas do Banco do Brasil foram explodidos. A quadrilha, que contava com fuzis e outras armas de uso restrito, fugiu em dois carros e até o momento ninguém foi preso.