24°
Máx
17°
Min

Apreendido em Marialva, garoto chora e afirma que rouba para sustentar a família

Um trabalho conjunto das polícias Civil e Militar de Sarandi e Marialva culminou no encaminhamento de três suspeitos à delegacia, acusados de um roubo a empresa. Nessa terça-feira (12), dois adolescentes assumiram a autoria do crime enquanto o adulto negou e foi liberado, após não ser reconhecido pelas vítimas.

Com os garotos, a polícia apreendeu um revólver, uma faca, uma touca, um colete à prova de balas, rádios transmissores e recuperou parte do dinheiro roubado. Chorando muito, um deles declarou que assalta para sustentar a família.

Ele declarou que a mãe está presa e precisa de dinheiro para sustentar a família, especialmente a irmã e o sobrinho. “Preferia morrer do que estar nessa vida aqui”, desabafou.

Orientado a mudar de vida, ele declarou que agora é tarde. O adolescente e o amigo já foram apreendidos em 2014 e 2015 por roubos e chegaram a passar um período internados no Centro de Socioeducação (Cense).

Com o assalto a empresa, eles podem retornar à internação. Confira a matéria de Índio Maringá e Rubens Stramaro da Rede Massa/TV Tibagi.