21°
Máx
17°
Min

Arapongas reduz em 75% o índice de proliferação da dengue

(foto: Prefeitura de Arapongas/Divulgação) - Arapongas reduz em 75% o índice de proliferação da dengue
(foto: Prefeitura de Arapongas/Divulgação)

As diversas ações realizadas pelo Controle de Endemias têm resultado de forma positiva na redução dos casos de dengue no município de Arapongas, chegando a 75,25% a menos se comparado ao ano anterior.

De acordo com o Controle de Endemias, no período de 01 de janeiro à 01 de junho de 2015 Arapongas registrou 977 notificações de dengue, com 299 casos confirmados, destes 216 autóctones e 83 importados. Enquanto nesse mesmo período em 2016 o município registrou 630 notificações, com 74 casos confirmados, sendo 44 autóctones e 30 importados.

“Desenvolvemos um trabalho constante, buscando sempre ampliar e otimizar as ações. O comprometimento dos agentes de endemias tem sido crucial para obter qualquer resultado, pois esses profissionais trabalham até mesmo nos finais de semana, não medindo esforços para combater o Aedes aegypti. Contamos ainda com o importante apoio dos agentes de saúde durante as visitas, com a união entre as duas equipes conseguimos bons resultados”, destaca a coordenadora de Endemias, Patrícia Ferro.

O secretário de Saúde, Antonio Garcez Novaes Neto, ressalta que o Controle de Endemias tem desempenhado diversas ações em campo com vistorias, mutirões e orientações em residências. E tem desenvolvido ainda trabalhos de conscientização em diferentes regiões do município.

“A atuação da equipe do Controle de Endemias foi determinante para reduzir a proliferação do Aedes aegypti em Arapongas. Lembrando que contamos também com um importante agente, que é a própria comunidade. Os números são muito positivos, mas pedimos que todos continuem atentos para que esse quadro seja cada vez melhor. Arapongas é um dos poucos municípios da nossa região que não declararam epidemia da dengue. Vale ressaltar que ao evitar a proliferação do Aedes aegypti evitamos também casos de zika vírus e febre chicungunya”, declarou o secretário.

Ainda com base nos dados apontados pelo Controle de Endemias, de 01 de janeiro a 01 de junho de 2016, Arapongas registrou 27 notificações de zika vírus, sendo um caso confirmado, e 17 notificações de febre chicungunya, até o momento quatro casos confirmados. Não houve óbito nos casos confirmados, todos os pacientes receberam tratamento e passam bem.

(com informações da prefeitura de Arapongas)