24°
Máx
17°
Min

Áreas com risco de desastres naturais serão mapeadas

(Foto: Rafael Silva / COHAB) - Áreas com risco de desastres naturais serão mapeadas
(Foto: Rafael Silva / COHAB)

Regiões com risco de desastres naturais como enchentes, deslizamentos, erosão e afundamentos de terrenos em Curitiba e Região Metropolitana serão monitoradas pelo Governo do Estado. O trabalho deve ficar pronto em até um ano e vai avaliar quase quatro mil pontos em uma área de 1.500 quilômetros quadrados.

“O foco é subsidiar a Defesa Civil nas ações de prevenção e de atendimento à população, mas certamente o trabalho terá desdobramentos importantes como auxiliar nos licenciamentos ambientais e outras ações do Estado e dos municípios”, disse o secretário estadual do Meio Ambiente, Antonio Carlos Bonetti.

Serão levantadas informações geológicas, como tipo de solo e rocha, os rios e a ocupação das áreas. “No aspecto dos riscos de desastres naturais temos três regiões importantes no Paraná que merecem atenção especial: o Litoral, o Sudoeste e a capital e sua região metropolitana em função da concentração de pessoas, quase 30% da população do estado vive aqui”, destacou o presidente da Mineropar, José Antonio Zem.

O mapeamento será financiado pelo Banco Mundial e faz parte do projeto Multissetorial. O trabalho será realizado pela empresa Andes Geologia e Meio Ambiente, com supervisão de técnicos da Mineropar, instituição vinculada à secretaria estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

Colaboração Agência de Notícias do Paraná