24°
Máx
17°
Min

As torres mais conhecidas de Curitiba deixarão de existir

(Foto: Cesar Brustolin/SMCS) - As torres mais conhecidas de Curitiba deixarão de existir
(Foto: Cesar Brustolin/SMCS)

A Avenida das Torres, que liga Curitiba a São José dos Pinhais, vai perder a principal característica. Nesta terça-feira (22), foi anunciado pelo Governo do Paraná que a Copel vai retirar as torres e superpostes da Avenida Comendador Franco.

A atual linha de energia será substituída por uma nova linha subterrânea. O investimento é de R$ 157 milhões e inclui também a construção de uma nova subestação. Com a retirada das torres, a avenida pode vir a receber intervenções urbanas, como a construção de corredores exclusivos para o transporte público e até uma pista para bicicletas.

Ao todo, serão retirados 25 torres e 20 superpostes. A linha de energia será subterrânea e passará de 69kV para 230kV. As obras devem durar 18 meses, de acordo com o Governo estadual. As obras ainda não têm previsão de início, porque dependem de uma licença ambiental, que ainda não foi emitida.

Colaboração: Assessoria de Imprensa do Governo do Paraná