27°
Máx
13°
Min

Assaltante morto por investigador em Londrina tinha passagens pela polícia

Julio César Vieira Campos, 28 anos, morto por um investigador da Polícia Civil após cometer um assalto na tarde de domingo (3) na avenida Dez de Dezembro, em Londrina, tinha diversas passagens pela polícia.

Segundo o delegado Jayme José de Souza Filho, o rapaz usava tornozeleira eletrônica e respondia por crimes como furto e receptação.

Ele estava junto com um comparsa em uma moto com placa adulterada. A dupla roubou três pessoas que aguardavam em um ponto de ônibus, ameaçando as vítimas com uma arma de brinquedo.

Quando se preparavam para fugir com dinheiro, carteira e celular, a dupla foi surpreendida com a chegada de um investigador da Polícia Civil, que passava pelo local em seu carro particular com a família, e ignorou voz de abordagem. O policial atirou em Julio Cesar, que morreu no interior da ambulância. O comparsa dele tentou se esconder em meio às vítimas e conseguiu fugir em seguida.

 O segundo participante do assalto ainda não foi identificado.