27°
Máx
13°
Min

Assalto no Tatuquara termina com perseguição e baleados no CIC

Assalto no Tatuquara termina com perseguição e baleados no CIC

Um assalto a um supermercado no bairro Tatuquara, em Curitiba, terminou mal para os assaltantes na tarde desta sexta-feira (8). De acordo com a Polícia Militar, quatro pessoas teriam participado da ação. Quando tentaram fugir, foram encontrados por uma equipe da PM. No entanto, só pararam em um poste no cruzamento da rua João Bettega com a avenida Juscelino Kubitschek, no CIC.

De acordo com o Tenente Maximiano, que participou da prisão dos suspeitos, tudo começou com o roubo. “Dois homens entraram em um supermercado e anunciaram o assalto. Enquanto isso, outras duas pessoas estavam em um Kadett branco, no lado de fora, aguardando os comparsas para fugir.” Depois que a dupla pegou todo o dinheiro do caixa, entrou no veículo e o grupo fugiu sentido Pinheirinho.

No entanto, quando estavam na avenida Juscelino Kubitschek, no CIC, os suspeitos cruzaram com uma viatura da PM. Os policiais identificaram as características do veículo e pediram para que eles parassem o carro. O grupo ignorou o pedido e continuou a fuga. A viatura deu a volta e foi atrás do Kadett. Durante a perseguição, houve troca de tiros de ambos os lados.

O Kadett só parou no cruzamento da Juscelino com a João Bettega. Em alta velocidade, o veículo bateu em outro carro que cruzava a pista. Com a forte colisão, o Kadett derrapou e ainda bateu de frente em um poste. A viatura que acompanhava o veículo conseguiu chegar até o local para dar voz de prisão aos suspeitos.

Porém, quando foi até o Kadett, percebeu que haviam duas pessoas baleadas no veículo. Um menor tinha tomado um tiro no pescoço, mas, segundo o Tenente, a bala não penetrou a pele e não atingiu a coluna cervical do adolescente. “O caso mais sério é de outro homem, que tomou um tiro na cabeça e foi encaminhado em estado grave para o hospital.”

Além disso, a mulher que dirigia o Kadett se feriu por causa da colisão e também precisou ser encaminhada ao hospital. O quarto suspeito envolvido na ação não teve ferimentos graves, mas mesmo assim também foi levado ao hospital.

Algumas vítimas dos assaltantes já reconheceram os suspeitos, de acordo com Tenente. Se eles se recuperarem, deverão ser presos e encaminhados para a delegacia, para os procedimentos necessários. Com o bando, foram encontradas duas armas, um revólver, uma arma de brinquedo e o dinheiro que foi roubado do supermercado.