22°
Máx
16°
Min

Assembleia vai definir rumo da greve no Hospital de Clínicas

(Foto: Divulgação/UFPR) - Assembleia vai definir rumo da greve no Hospital de Clínicas
(Foto: Divulgação/UFPR)

A greve dos trabalhadores da Fundação da Universidade Federal do Paraná no Hospital de Clínicas pode acabar nesta quarta-feira (8). A categoria agendou uma assembleia para discutir a proposta feita em uma audiência no Tribunal Regional do Trabalho do Paraná, nesta terça (7).

Durante a audiência de conciliação, o Ministério Público propôs que os trabalhadores aceitassem a proposta originalmente feita pela Funpar, de reajuste de 5,2%, retroativo a 1º de maio, data-base da categoria. Além disso, seria marcada uma nova audiência nos próximos meses para discutir as perdas salariais.

O sindicato que representa a categoria afirmou que a proposta precisaria passar por assembleia para, então, ser aprovada ou não. Com isso, o Sinditest marcou uma assembleia às 9h desta quarta, no auditório do Hospital de Clínicas.

Se eles aceitarem o reajuste proposto, a categoria deve voltar a trabalhar normalmente a partir de quinta-feira (9). Caso a proposta seja declinada, a greve irá para dissídio e será julgada pelo TRT. A Funpar aceitou a proposta e agora aguarda a decisão dos trabalhadores.

Em caso de continuidade da paralisação, o desembargador Cássio Colombo Filho determinou 100% de funcionamento nos serviços da UTI e do pronto-atendimento, com multa de mil reais por descumprimento.