28°
Máx
17°
Min

Associações comerciais instalam ‘mapa do impeachment’

(foto: Reprodução) - Associações comerciais instalam ‘mapa do impeachment’
(foto: Reprodução)

A Associação Comercial e Industrial de Londrina (Acil) deu o pontapé inicial para divulgar o ‘Mapa do Impeachment’, com o posicionamento de deputados e senadores paranaenses em relação ao processo que pretende cassar o mandato da presidente Dilma Rousseff, em tramitação no Congresso.

Em Londrina, o placar está instalado no calçadão, com nomes distribuídos em três colunas. A primeira mostra os contrários ao impeachment, a segunda os neutros e a terceira os favoráveis.

“O calçadão é um local de bastante circulação de pedestres durante a semana e aos sábados, muita gente se reúne ali. O mapa está sendo muito importante, as pessoas param para ler e fazer questionamentos”, afirma o presidente da Acil, Valter Orsi.

Em Maringá, o Mapa do Impeachment será instalado nos próximos dias em frente à sede da Associação Comercial e Empresarial (Acim), na vereador Basílio Sautchuk, centro da cidade. “A intenção é que isso viralize e todo o estado saiba como vota cada deputado federal”, afirma o presidente da Associação, Marco Tadeu Barbosa.

União da Vitória também deve receber o Mapa. Segundo a presidente da Cacesul, Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Centro-Sul do Paraná, Maria Salette Rodrigues de Melo, o mapa seria colocado na região central do município. “É importante a população saber quem são os deputados que estão votando contra e a favor do impeachment, para que cobre de seus representantes uma postura. É preciso ter transparência nesse momento para que os brasileiros saibam quem está realmente brigando por eles”.

O presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap),  Guido Bresolin Junior, acredita que a iniciativa dos empresários deixa clara a posição do setor produtivo. “O empresariado está sem esperança neste governo, a mobilização das associações comerciais no estado é uma demonstração clara disso”.