22°
Máx
17°
Min

Ataque ao Banco do Brasil é o oitavo do ano na região de Londrina

(Foto: Reinaldo Furlan/Rede Massa) - Ataque ao Banco do Brasil é o oitavo do ano na região de Londrina
(Foto: Reinaldo Furlan/Rede Massa)

O Sindicato dos Bancários de Londrina e região cobrou medidas preventivas por parte do Banco do Brasil depois de mais uma explosão de caixas eletrônicos registrada na madrugada desta segunda-feira (29) na agência do Banco do Brasil de Ibiporã.

Segundo a entidade, foi o oitavo ataque a bancos registrado na região nos dois primeiros meses do ano. Destes, cinco foram em agências do Banco do Brasil.

“Os bancos, em especial o BB, precisam investir mais em segurança, adotando novas tecnologias para coibir esse tipo de ação. Parece que todo final de semana tem explosão em alguma cidade da região e ninguém faz nada para combater isso”, questiona a presidente do sindicato de Londrina, Regiane Portieri.

 A agência de Ibiporã segue interditada até a chegada do esquadrão antibomba de Curitiba, já que um artefato não explodido foi deixado no local. Uma pessoa foi presa pela PM acusada de participação no ataque.