22°
Máx
16°
Min

“Até no último minuto de vida ele foi herói”, diz filho de piloto

O filho do comandante Antônio Viçoti, piloto do avião que caiu na noite de domingo (31) na zona oeste de Londrina, esteve no Instituto Médico Legal (IML) para fazer os trâmites de liberação do corpo, que será sepultado na cidade de São José do Rio Preto, interior de São Paulo.

Vinicius Viçoti ressaltou a experiência do pai, há quase 40 anos como piloto de aeronaves e instrutor de aeroclubes e da TAM, atribuindo o acidente a uma possível falha mecânica. “Ele era um profissional experiente, sabia conduzir as coisas. Acredito que o problema no avião foi muito grave, não tinha o que fazer”.

O filho se emocionou ao falar sobre a atitude do pai. “Até no último minuto de vida ele foi herói. Se pudesse tirar a vida dele para salvar a dos outros, faria. Como ele fez, salvando a vida de muitas pessoas. Se caísse em cima de casas, seriam muitas vítimas. Com a experiência dele, conseguiu conduzir o avião para um lugar que não era habitado e salvou mais pessoas”.

(colaborou Odair José/Rede Massa)