21°
Máx
17°
Min

Atendendo Ministério Público, presidente da CMTU deixa de acumular secretaria

(Foto: N.Com/Divulgação) - Atendendo Ministério Público, presidente da CMTU deixa de acumular secretaria
(Foto: N.Com/Divulgação)

José Carlos Bruno de Oliveira não responde mais pela Secretaria do Meio Ambiente (Sema) de Londrina. Ele atendeu recomendação expedida pelo Ministério Público nesta segunda-feira (29) e ficará apenas na presidência da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), evitando o acúmulo de cargos públicos. Vale lembrar que o gestor recebe apenas o salário de presidente da companhia.


 O MP deu prazo de dez dias para a saída de Oliveira da Sema, mas o nome do novo secretário deve ser anunciado ainda nesta semana. Ele ficou um ano à frente da pasta, assumindo em fevereiro de 2015.

O prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff (PSD), disse que acata a recomendação, mas ressalta que a medida gerava economia ao município. “Na prática, o acúmulo de cargos é econômico, porque economizamos o salário de um secretário, e eficiente, pois existem serviços operacionais, como a poda de árvores e plantio de árvores em que a CMTU e a Sema acabam trabalhando de forma integrada gerando bastante sinergismo”.