22°
Máx
16°
Min

Ato de vandalismo destrói Sociedade Protetora dos Animais

A equipe da Sociedade Protetora dos Animais de Campo Largo precisou, na manhã deste sábado (9), contabilizar os prejuízos depois de um homem entrar no local durante a madrugada. Ele cometeu diferentes atos de vandalismo na área. O homem deixou os portões da sociedade abertos, o que fez com que os cachorros saíssem do lugar, que fica na rua 21 de abril, no Jardim Alvorada.

Segundo Fátima Nascimento, que trabalha na Sociedade Protetora dos Animais, uma das funcionárias chegou no local e encontrou os cachorros na parte de fora do terreno e os portões arrombados. Ela relata que todas as vidraças das estruturas dentro da sociedade foram quebradas, além de danos nos canis, grades, telas e portas.

Cerca de 150 cachorros estão abrigados no local. “Conseguimos trazer novamente a maior parte deles, mas alguns ainda não foram localizados. Esperamos que eles retornem durante o dia”, comenta Fátima. Um animal morreu depois de se envolver com uma briga entre os cachorros.

As câmeras do sistema de monitoramento da sociedade indicam que o homem ficou cerca de meia hora no local. Os responsáveis pela Sociedade Protetora dos Animais de Campo Largo registraram boletim de ocorrência.

Segundo informações da Delegacia de Campo Largo, o homem que entrou na sociedade foi identificado e é um vizinho. Ele foi preso em flagrante por invasão de domicílio.