23°
Máx
12°
Min

Aulas terminam mais cedo com mobilização dos professores

(Foto: Divulgação) - Aulas terminam mais cedo com mobilização dos professores
(Foto: Divulgação)

As aulas nos colégios estaduais de Maringá serão mais curtas nesta quarta-feira (16) devido a uma mobilização dos servidores da educação. Já na quinta-feira (17) haverá uma paralisação geral das atividades, em adesão à greve nacional da categoria pela aplicação do piso nacional e contra privatizações.

O diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (APP) em Maringá, Luiz Carlos dos Santos, contou que a mobilização já começou na segunda-feira (15), com a entrega de panfletos para explicação da pauta aos alunos.

Os professores do Paraná decidiram paralisar apenas um dia, pois tem outra mobilização marcada no dia 29 de abril, relembrando o episódio do Massacre do Centro Cívico – em que servidores estaduais foram reprimidos pela Polícia Militar com mais de 200 feridos.

Em Maringá, os servidores se reúnem nesta quinta-feira, às 9h, na Praça Raposo Tavares e depois seguem em caminhada até a sede do Núcleo Regional de Educação.

“A gente vai colocar também nossas pautas locais no protesto, como o pagamento de promoções e progressões em atraso, a alteração do contrato dos professores do Processo Seletivo Simplificado (PSS) e contra o corte de escolas”, informou Luiz Carlos dos Santos.