22°
Máx
16°
Min

Aumento de 23% nos casos de dengue no Paraná

Limpeza de terrenos faz parte de ações de combate ao mosquito transmissor da dengue (Foto: SMCS / Prefeitura de Curitiba) - Aumento de 23% nos casos de dengue no Paraná
Limpeza de terrenos faz parte de ações de combate ao mosquito transmissor da dengue (Foto: SMCS / Prefeitura de Curitiba)

O número de casos de dengue no Paraná sofreu um aumento de 23% na última semana, segundo relatório divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). São 5.541 ocorrências, com 1.070 nova confirmações desde a semana passada. Os dados são referentes a agosto de 2015 e 16 de fevereiro deste ano. A contagem é feita desta maneira porque este é o ciclo epidemiológico da doença. Seis mortes por dengue foram registradas neste período - sem aumento desde o último boletim.

O Paraná soma 15 cidades em situação de epidemia por dengue. Os municípios de Foz do Iguaçu e Serranópolis do Iguaçu entraram na lista da Sesa. As outras cidades que integram este cenário são Paranaguá, Santa Terezinha de Itaipu, Mamborê, Tapira, Nova Aliança do Ivaí, Santa Isabel do Ivaí, Munhoz de Mello, Assaí, Guaraci, Itambaracá, Rancho Alegre, Santo Antônio do Paraíso e Cambará.

Zika

Segundo a Sesa, o Paraná possui 48 casos confirmados de zika vírus. Em nove deles houve a contaminação em cidades paranaenses (um em Londrina, um em Nova Prata do Iguaçu, dois em Maringá, dois em Paranaguá e três em Colorado). Outros 15 são casos ‘importados’. A secretaria ainda investiga a origem em 24 ocorrências.

Combate

As ações de combate ao mosquito Aedes aegypti - cuja campanha teve início no sábado (12) com o  Dia D - seguem nesta semana, com participação de militares do Exército e  agentes de saúde pública. Em Curitiba, uma das atividades aconteceu no bairro  Sítio Cercado e na Vila Atenas, na Cidade Industrial de Curitiba. Somente de  dois terrenos foram retiradas mais de 90 toneladas de entulho e lixo doméstico.