26°
Máx
19°
Min

Autores de crime ambiental derrubaram mais de 280 araucárias

Polícia Ambiental encontrou área de desmatamento no último dia 14 e contabilizou danos ao meio ambiente (Foto: Divulgação / Polícia Ambiental) - Autores de crime ambiental derrubaram mais de 280 araucárias
Polícia Ambiental encontrou área de desmatamento no último dia 14 e contabilizou danos ao meio ambiente (Foto: Divulgação / Polícia Ambiental)

Mais de duzentas toras de pinheiros Araucárias foram derrubadas pelos responsáveis pelo crime ambiental descoberto pela Patrulha Rural em Palmas no último dia 14. Foram apreendidos dois caminhões carregados com 15 metros cúbicos de toras retiradas ilegalmente de mata nativa na localidade de Linha Pastamec.

Naquele dia, os caminhões levavam 57 pinheiros. Dias depois, equipes da Polícia Ambiental de Francisco Beltrão e da Patrulha Rural voltaram ao local para fazer o levantamento dos danos ao meio ambiente. A área de desmatamento constatada foi de 7,8 hectares, com a derrubada de pelo menos 283 pinheiros. Ninguém foi encontrado no local. Além da madeira, foi localizado também o acampamento utilizado pelos envolvidos.

Como a propriedade não é habitada, a polícia continua fazendo vistorias pela região para tentar encontrar o responsável pelo desmatamento. O suspeito será responsabilizado por crime ambiental, receberá uma multa e ainda terá que recompor a área desmatada, segundo a Polícia Ambiental. Denúncias sobre esse ou outros crimes ambiental podem ser feitas para a polícia de Francisco Beltrão pelo telefone (46) 3527-1093.