27°
Máx
13°
Min

Azul começa a operar em Ponta Grossa em até 60 dias

O governador Beto Richa inaugurou nesta quinta-feira (30) as obras de ampliação, reforma e revitalização do aeroporto de Ponta Grossa, nos Campos Gerais. A inauguração foi marcada pela formalização do acordo do Governo do Estado com a Azul Linhas Aéreas Brasileiras, que passa a operar no aeroporto com linha comercial regular.

A aeronave ATR -72600, que operará os dois voos diários na linha Ponta Grossa-Campinas, fez a primeira aterrissagem pouco antes da solenidade, levando a equipe da Azul. “Chegamos a um acordo com incentivos fiscais para que a empresa passe a operar em Ponta Grossa. É uma conquista coletiva, com a participação da prefeitura, de lideranças políticas e empresariais”, afirmou o governador.

Ele destacou que ampliação e reforma do aeroporto, com investimentos em sinalização e segurança, possibilitaram sua homologação para receber voos comerciais e aeronaves de grande de porte. “Isso atrai ainda mais investimentos e possibilidade de crescimento para Ponta Grossa e os Campos Gerais”.

Richa assinou o protocolo de intenções entre o Governo do Estado e a Azul para implantação do transporte aéreo regular em cidades ainda não atendidas pelo serviço, começando por Ponta Grossa, Umuarama, Guarapuava e Pato Branco.

Pelo acordo, haverá uma redução, em dois pontos percentuais, na carga tributária do ICMS nas compras de querosene de aviação, para cada nova cidade que passe a ser atendida pelo serviço. A alíquota, de 18%, passa para 16% com o início dos serviços aéreos em Ponta Grossa. A redução é progressiva na medida em que haja expansão para outras cidades, até o limite de 8%.

“Protocolos como esse serão assinados, também em Guarapuava, Pato branco e Umuarama. A ideia é alastramos para outras regiões, com voos regionais, que contribuam para o desenvolvimento mais homogênico de todo o estado”, destacou Richa.

O prefeito de Ponta Grossa também definiu como conquista histórica os investimentos no aeroporto e a instalação de linha comercial em Ponta Grossa. “Isso consolida o município como polo industrial e haverá reflexo também em outras áreas, como o turismo”, disse Rangel. Ele ressaltou as parcerias. “Além do investimento, realizações como essa se constrói com responsabilidade e amor a cidade”, afirmou o prefeito.

Marco

A linha começa a operar em cerca de 60 dias, com voos de segunda a sexta-feira, entre Ponta Grossa e Campinas. Ponta Grossa é o sexto aeroporto com operações da Azul. É a empresa com maior presença no Paraná, com voos em cinco aeroportos (Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu).

“O acordo para redução da alíquota do ICMS foi decisivo para mais essa expansão no Estado”, afirmou a diretora de Assuntos Institucionais da Azul, Patrizia Xavier. “É um marco. É muito importante mostrar que, mesmo em momento de crise no País, estamos expandindo a malha da azul dentro do Paraná”, disse ela. Segundo ela, a empresa aguarda apenas a documentação ser atualizada junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para iniciar pedidos de voo e agendas de passagens.

Conexão

A linha conecta Ponta Grossa a Campinas, onde a Azul tem principal a concentração de suas operações. “Essa conexão oferece aos cidadãos de Ponta Grossa a possibilidade de conexão de 100 destinos em voos nacionais e internacionais”, explicou Patrizia.

Aeroviário

O secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, disse que a expansão da Azul coroa um trabalho, de vários anos, para ampliar voos regionais no Paraná, a partir de um plano aeroviário. “Há empresas interessadas em investir e que precisam de dados confiáveis. Ficamos satisfeitos como gestores públicos. A expansão da Azul mostra que estamos no caminho certo”, afirmou. “Ponta Grossa já é entroncamento rodoviário e ferroviário e agora reforça o setor aeroviário. Isso tudo forma um círculo virtuoso para a região”, disse ele.

Adaptado e equipado

Para receber voos comerciais regulares, o aeroporto de Ponta foi totalmente adaptado e equipado. O investimento chega a quase R$ 14 milhões, com recursos da prefeitura de Ponta Grossa, do Governo estadual e Governo federal. O Governo do Estado repassou R$ 1,3 milhão, para, entre outras ações, a reforma do Terminal de Passageiros e instalação do sistema de balizamento noturno.

Entre as melhorias feitas no aeroporto estão a reestruturação da rua de acesso ao aeroporto, que recebeu drenagem e pavimentação. A prefeitura investiu em equipamentos para a operação aeroportuária, atendimento a passageiros e normas de segurança, asfaltamento das áreas do entorno, marcações da pista nos padrões ANAC, estrutura e implantação da caixa d’água com 25 mil litros para combate a incêndios, além do cercamento de toda a área do aeroporto e demais adaptações. Também foi adquirido um caminhão para o Corpo de Bombeiros e foi feita estruturação da Seção Contra Incêndios.

O investimento também envolve horas de trabalho de máquinas e operários para as obras de aterramento, terraplenagem da reta da cabeceira, além da estruturação da seção contra incêndios, treinamento de pessoal e equipamentos de segurança.

Colaboração Agência Estadual de Notícias.