22°
Máx
14°
Min

Bancários de Campo Mourão e região paralisam atividades a partir de terça-feira

Categoria não aprovou reajuste de 6,5% proposto pela Fenaban (Foto: Marcela Camargo/Agência Brasil) - Bancários de Campo Mourão paralisam atividades a partir de terça
Categoria não aprovou reajuste de 6,5% proposto pela Fenaban (Foto: Marcela Camargo/Agência Brasil)

A partir da zero hora da próxima terça-feira (6), os bancos de Campo Mourão e algumas cidades da região entram em greve por tempo indeterminado. A decisão foi tomada em uma assembleia realizada na quinta-feira (1º).

Dos 102 bancários que participaram da assembleia, 90% aprovaram a greve. Assim, na terça-feira estarão em paralisação os bancos das cidades de Araruna, Babosa Ferraz, Boa Esperança, Corumbataí do Sul, Engenheiro Beltrão, Farol, Fênix, Iretama, Janiópolis, Juranda, Luiziana, Mamborê, Peabiru, Quinta do Sol e Roncador.

A greve acontecerá em diversas regiões do país por conta da proposta feita pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), apresentada na última terça-feira (29), na qual o reajuste do salário seria de 6,5%.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários de Campo Mourão e região, Nivalda Roy, a categoria reivindica um reajuste de 14,78%, além de outros pontos, como maior participação nos lucro e resultados, fim das demissões e metas abusivas.