22°
Máx
14°
Min

Bancários fazem assembleia e devem aprovar greve em Maringá e região

Fenaban ofereceu apenas 6,5% de reajuste (Foto: Sindicato dos Bancários) - Bancários fazem assembleia e devem aprovar greve
Fenaban ofereceu apenas 6,5% de reajuste (Foto: Sindicato dos Bancários)

Os bancários de Maringá fazem assembleia na noite desta sexta-feira (2) para votar a proposta da campanha salarial 2016, apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenabam). Os índices não agradam à categoria, que deve aprovar greve a partir da próxima terça-feira (6).

Os bancos ofereceram 6,5% de reajuste salarial mais R$ 3 mil de abono, percentual que não cobre nem a inflação do período, acumulada em 9,8%. O comando da Campanha Nacional Unificada 2016 recomendou a aprovação de greve nas assembleias.

O presidente interino do Sindicato dos Bancários de Maringá e região, Vilmar Feitosa, avalia que a proposta da Fenaban mostra o descaso dos patrões com a categoria, que vem cumprindo as metas de trabalho.

“Essa proposta rebaixada, absurda, deixou a todos nós indignados. Os mesmos banqueiros que viram seus lucros ultrapassarem os R$ 26 bilhões (somente os quatro maiores), tiveram a petulância de chegar à mesa de negociação com uma proposta tão absurda, muito aquém das nossas reivindicações”, declarou.

A assembleia será realizada nesta sexta-feira, às 19h, na sede campestre do sindicato.