27°
Máx
13°
Min

Bancários não aceitam proposta e greve continua

(Foto: Joka Madruga/SEEB Curitiba) - Bancários não aceitam proposta e greve continua
(Foto: Joka Madruga/SEEB Curitiba)

Em nova reunião realizada nesta quinta-feira (15), entre a Confederação Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e a Confederação Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), não houve acordo entre as duas partes e a orientação é de que a greve dos bancários continue em todo o país. No Paraná a greve chegou ao 10º dia e já conta com 787 agências fechadas e nove centros administrativos.

Na nova rodada de negociação entre as partes, a Fenaban apresentou a mesma proposta que já havia sido rejeitada pela categoria – reajuste de 7% nos salários e abono de R$3,3 mil.

A reivindicação dos bancários e da reposição da inflação do período mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial - no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$ 3.940,24 em junho) -, PLR de três salários mais R$ 8.317,90, além de outras reivindicações, como melhores condições de trabalho.