22°
Máx
14°
Min

Bancos apresentam nova proposta e nova assembleia acontece hoje

(Foto: Joka Madruga / SEEB) - Bancos apresentam nova proposta e nova assembleia acontece hoje
(Foto: Joka Madruga / SEEB)

A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) fez uma nova proposta de reajuste salarial aos bancários, em rodada de negociação que ocorreu na noite desta quarta-feira (5). Os bancos oferecem 8% de reajuste na remuneração e abono de R$ 3,5 mil, a ser pago em até 10 dias após a assinatura da Convenção Coletiva de Trabalho. A proposta inicial dos bancos foi de 7% de reajuste, além do abono.

A proposta apresentada nesta quarta-feira ainda contempla reajuste de 15% no vale-alimentação e 10% no vale-refeição e no auxílio creche, além do aumento para 20 dias da licença paternidade. Estes índices valeriam para 2016. Entretanto, o acordo estaria condicionado à definição de parâmetros para 2017, com o reajuste a partir da reposição da inflação pelo INPC mais 1% de aumento real para os salários e em todas as verbas.

Além disto, a Fenaban ofereceu um reajuste de 8% na Participação sobre Lucros e Resultados (PLR) neste ano e correção pela inflação mais 1% de aumento real em 2017. Todas estas propostas serão analisadas em assembleias dos bancários nesta quinta-feira (6).

O Comando Nacional dos Bancários informou ainda que conseguiu negociar o abono total dos dias parados. A proposta também será apreciada hoje, quando a greve dos bancários chega ao 31º dia.

Colaboração Sindicato dos Bancários de Curitiba e Região