27°
Máx
13°
Min

Bombeiros usam retroescavadeira para retirar corpo e destroços do avião; veja

O Corpo de Bombeiros de Maringá trabalhou durante a noite deste sábado (24) na retirada dos destroços do avião que caiu próximo ao Aeroporto Regional de Maringá, durante a Feira Internacional de Aviação.

Foi necesssári o o uso de um trator com pá carregadeira e uma retroescavadeira. Os especialistas tiveram que cavar fundo para achar o corpo do piloto Luiz Carlos Basson Dell'Aglio, 64 anos. Por volta das 21h, os restos mortais foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML).

Em nota divulgada no Facebook, a Esquadrilha da Fumaça informou que a apresentação, marcada para as 16h deste domingo (25), no evento, está cancelada. Às 15h, o grupo fará um singela homenagem ao piloto morto no acidente. "Ressalta-se que, por orientação da organização do evento, a entrada não mais será franca".

A Esquadrilha também lamentou a morte do piloto. "Nós da Esquadrilha da Fumaça lamentamos profundamente o falecimento de nosso grande amigo Luiz Dell'Aglio e solidarizamos com toda a família e seus amigos".

Confira a nota na íntegra:

Um grande piloto e, acima de tudo, uma grande pessoa. Nessas horas de tristeza profunda, o melhor que podemos fazer é nos lembrarmos de todos os momentos de alegria e companheirismo vividos com a pessoa que partiu dessa vida. Nós da Esquadrilha da Fumaça lamentamos profundamente o falecimento de nosso grande amigo Luiz Dell'Aglio e solidarizamos com toda a família e seus amigos.

Um grande incentivador da área acrobática civil, Luiz Dell´Áglio esteve presente em vários momentos importantes da história da Esquadrilha da Fumaça, sempre interagindo com grande amizade e afinidade para com todos os Fumaceiros. Vale ressaltar que os últimos três momentos que o CBA (Comitê Brasileiro de Acrobacia e Competições Aéreas) realizou seus campeonatos foram em nossa casa, no hangar da Esquadrilha da Fumaça, em Pirassununga/SP.

Como sempre ocorreu, a amizade entre todos os militares do Esquadrão e os pilotos civis se fortaleceram ainda mais, extrapolando o relacionamento profissional para uma amizade verdadeira. O "DEL" sempre foi mestre em fazer isso, e o fraterno relacionamento dele com todas as gerações de Fumaceiros é o legado que sempre ficará desse ser humano fantástico, desse piloto intenso e alegre. Que as próximas gerações de pilotos, civis e militares, vivam esse legado de união e amizade tão feliz deixado por você, grande amigo.

Foi uma dádiva para todos nós Fumaceiros, integrantes e ex-integrantes, a oportunidade de conhecer a pessoa íntegra, honesta, humilde e o profissional exemplar que era Luiz Dell´Áglio. Sentimos muito o ocorrido e nos solidarizamos com aqueles que sofrem conosco pela perda desse grande piloto. Descanse em paz, amigo Dell!

O acidente

O acidente ocorreu durante a 19ª edição da EAB Air Show, Feira Internacional de Avião, inaugurada na última quarta-feira (21). Somente Dell'Aglio estava no avião, que caiu em uma plantação, próximo ao aeroporto. A aeronave ficou cravada no solo por conta do forte impacto.

De acordo com relatos de pilotos presentes no local, Dell'Aglio estaria acima de 300 km/h no momento da queda, que ocorreu de bico. Em voos de apresentações, usa-se pouco combustível, por isso, não houve explosão.  A aeronave fazia um voo expositivo quando a queda aconteceu. 

O Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes (Seripa) vai investigar as causas do acidente.

Vídeos divulgados nas redes sociais flagraram o momento da queda; assista:

O piloto

Nas informações preliminares enviadas pela assessoria de imprensa do evento, consta que Luiz Carlos possuía mais de 19 mil horas de voo e era considerado um dos grandes nomes no segmento. Atuou durante 11 anos como coordenador geral e instrutor do Curso de Piloto Agrícola em Ponta Grossa, no Campos Gerais do Paraná.

O piloto morava em Ponta Grossa e era empresário do ramo. Ele costumava voar em Santa Catarina, em regiões de bananais e arroz. Na acrobacia, esporte no qual ocorreu o acidente, Luiz tinha mais de 1.600 horas de voo de alta performance. Ele era presidente do Comitê Brasileiro de Acrobacia e Competições Aéreas (CBA).

Colaboração: Rogério Moraes e Claudemir José/Rede Massa.


Bombeiros usam retroescavadeira para retirar destroços do avião; veja