22°
Máx
14°
Min

Briga por herança teria motivado morte de três pessoas carbonizadas

(foto: Blog do Jonei Farias) - Briga por herança teria motivado morte de três pessoas carbonizadas
(foto: Blog do Jonei Farias)

Um jovem de 19 anos foi preso acusado de participação na morte de três pessoas encontradas dentro de um carro carbonizado em uma estrada rural no distrito de São José, em Santa Maria do Oeste (68 km de Guarapuava).

De acordo com as investigações, o triplo homicídio teria sido motivado por uma briga familiar por herança de terras. Morreram Elizabeth Kossovski, de 70 anos, o marido dela, Vitor Lacovski, 72 anos e o irmão Salvador Kossovski, 40 anos.

Com base na informação da disputa familiar, a polícia foi até uma casa na localidade de Rio Liso e encontrou o jovem mancando, dizendo que havia machucando a perna cortando madeira.  Convidado a ir até a delegacia, ele acabou confessando que, junto com a mãe e o padrasto, premeditou o crime.

Na sexta-feira (26), os três saíram de Guarapuava e foram até a casa das vítimas. A cerca de um quilômetro do local, deixaram um Kadett na beira da estrada. A mãe ficou e o jovem e o padrasto caminharam até a residência e mataram as três pessoas com golpes de facão.

O planejado era atear fogo na casa com os corpos dentro, mas o padrasto mudou de ideia e colocou as vítimas dentro do carro, incendiando o veículo na estrada rural.

O  jovem indicou o endereço da mãe e do padrasto em Guarapuava, no Bairro Industrial, mas quando a polícia chegou ao local encontrou a casa trancada com corrente e cadeado. Ele foi preso e encaminhado à delegacia de Pitanga.

O padrasto, de 43 anos, já tem passagens na polícia por homicídio.