24°
Máx
17°
Min

Cachorro é morto com tiros de espingarda em Campo Largo

(Foto: Colaboração/Neile Machado) - Cachorro é morto com tiros de espingarda
(Foto: Colaboração/Neile Machado)

Um homem é acusado de matar um cachorro com tiros de espingarda na noite desta quarta-feira em Campo Largo, Região Metropolitana de Curitiba. O homem teria tomado a atitude porque o cachorro invadia o terreno dele e comia as fezes dos porcos e das ovelhas.

De acordo com Neile Machado, gerente administrativa da empresa onde ficava o animal, o homem é vizinho do local e este não é primeiro caso em que ele está envolvido. “Um outro vizinho nosso também tem cachorros e vários já morreram envenenados por esse homem”, afirmou.

Segundo ela, Fred – nome do animal que foi morto ontem – foi atingido no focinho pelo tiro de espingarda. O cachorro teria saído correndo, mas não resistiu e morreu. “Quando meu patrão ouviu o tiro, foi até a porta, onde encontrou o Fred, que já estava caído e agonizando”, explicou a gerente.

Segundo ela, não há muros dividindo as propriedades, apenas uma cerca, o que facilitaria a “invasão” do animal. 

“Mesmo com isso, nada justifica. Ele nunca veio falar com a gente. Apenas matou um cachorro que era dócil com todo mundo e que nem estava prejudicando ele, porque o Fred só comia as fezes das ovelhas e dos porcos”, ressaltou.

De acordo com a funcionária, os filhos da dona da empresa são os que estão sofrendo mais. “O Fred era muito apegado às crianças, acompanhava elas em tudo que elas faziam. Até agora elas estão chorando por causa do Fred.”

Neile afirmou que a dona da empresa, Elisangela Stroparo, foi até a delegacia de Campo Largo para registrar uma denúncia contra o homem que, de acordo com a funcionária, admite a ação. “Parece que ele acha quem tem a razão, que está certo o que ele fez. É isso que deixa a gente mais indignado”, explicou a gerente.

A reportagem tentou o contato com o vizinho que teria assassinado o animal, mas ele não foi encontrado para comentar a situação.