22°
Máx
16°
Min

Cadeia abriga 89 presos em local que cabem 26

A superlotação da cadeia pública de Medianeira é o principal motivo das constantes tentativas de fuga. O último túnel, escavado pelos presos, foi descoberto nesta semana. O que preocupa as autoridades é o fato do espaço não ser condizente com a capacidade. Em um local que cabem 26 presos, estão atualmente, 89.

 “A questão deve ser resolvida pelo Depen, pois estamos com 400% de superlotação”, diz o delegado Denis Merino, responsável pelo local.

Quem mora perto da cadeia também tem medo do que pode acontecer. Os moradores classificam o local como um ‘barril de pólvora’, prestes a explodir. Por conta do túnel descoberto, uma ala precisou ser interditada e os 89 presos foram acondicionados em um local onde cabem 13.

Colaboração: Márcio Falcão / Rede Massa