Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Cães da PM do Paraná atuarão na segurança das Olimpíadas 2016

Cães da PM do Paraná atuarão na segurança das Olimpíadas 2016

Três cães da Polícia Militar do Paraná, e seus condutores, farão parte do esquema de segurança dos Jogos Olímpicos 2016, no Rio de Janeiro. Eles atuarão no policiamento ostensivo e na detecção de explosivos nos locais de competição e de estadia dos atletas. Os cães Stive, Zika e Buster e os condutores – soldados Marcos Aurélio de Souza, Maickon da Rosa e Marcelo Lucas Trauchinski, embarcam para o Rio nesta segunda-feira e terça-feira (4 e 5) e permanecerão até o fim das Olimpíadas e Paraolimpíadas.

A Companhia de Operações com Cães (COC) pertence ao Batalhão de Operações Especiais (Bope) da PM. A participação da equipe paranaense atende a um pedido do Ministério da Justiça. Stive é um pit bull de quase dois anos e atuará no policiamento ostensivo na Vila Olímpica. Já Buster, de três anos, e Zika, de um ano e meio, ambos da raça pastor belga malinois, farão parte de um grupo seleto de cães especialistas em detectar substâncias explosivas. De acordo com o comandante da Companhia de Operações com Cães, capitão Paulo Siloto, há somente quatro cães com essa habilidade na região Sul do Brasil, dos quais três são paranaenses.

Para o comandante do Bope, tenente-coronel Hudson Leôncio Teixeira, a Companhia de Operações com Cães da PMPR é um exemplo no Brasil e o reconhecimento vem com este convite para as Olimpíadas. “A participação nas Olimpíadas e Paraolimpíadas é muito importante para o Batalhão, porque, além de por em prática os conhecimentos adquiridos nos treinamentos, as equipes vão operar num ambiente totalmente diferente do nosso cotidiano. Nossos cães serão postos à prova e os policiais da COC terão oportunidade de interagir com policiais de outros estados, aprimorando técnicas e conhecendo novos equipamentos”, avaliou o comandante.

Assessoria PM/PR