20°
Máx
14°
Min

Cai espera por aparelhos auditivos no Norte Pioneiro

(foto: Venilton Küchler/SESA) - Cai espera por aparelhos auditivos no Norte Pioneiro
(foto: Venilton Küchler/SESA)

A região de Cornélio Procópio recebeu nesta quinta-feira (06) mais uma etapa do mutirão que está zerando a fila de espera por aparelhos auditivos. Desta vez, mais 20 pacientes foram beneficiados e puderam voltar a ouvir graças à iniciativa inédita do governo estadual.

O secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, afirma que o objetivo é fornecer cerca de 1,3 mil aparelhos gratuitos até o final do ano. "Desde julho, quando o mutirão foi iniciado, 457 pacientes já receberam o aparelho na região. Pessoas que aguardavam há anos pela prótese auditiva fornecida pelo SUS", destacou.

A ação abrange pacientes dos 21 municípios da 18ª Regional de Saúde. O trabalho de triagem, fornecimento e acompanhamento é feito através da parceria com o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Norte do Paraná – Cisnop.

"Trata-se de um programa pioneiro, que só o Paraná faz. Somente aqui em Cornélio Procópio, o Estado está aplicando R$ 900 mil neste mutirão, que está transformando a vida de milhares de pessoas", explicou Caputo Neto. 

Nova vida

Nesta quinta, uma das pacientes que pôde recuperar a audição graças ao fornecimento de um novo aparelho foi a aposentada Janir de Moraes, de 80 anos. Ela conta que voltou a estudar e a dificuldade para ouvir a professora atrapalhava muito nas aulas.

"Hoje é o dia mais feliz da minha vida. Esperava há três anos por esse momento e agora vou poder ouvir o que as pessoas falam", disse a aposentada, que recentemente aprendeu a ler.

Os recursos do Estado possibilitaram que o consórcio ampliasse em seis vezes o número de aparelhos auditivos distribuídos mensalmente. Até junho, 35 próteses eram entregues por mês. Atualmente, este número foi elevado para 217 aparelhos mensais.

O mutirão de aparelhos auditivos faz parte da estratégia de ampliação dos serviços e procedimentos de média e alta complexidade do SUS. O Paraná é o único Estado do País a destinar recursos próprios para este fim. Somente neste ano, mais de R$ 80 milhões são aplicados no setor.

Reforma

Durante visita ao Centro de Especialidades da Região de Cornélio Procópio, Caputo Neto anunciou o repasse de R$ 1 milhão para a reforma da antiga sede. O espaço precisa de uma nova pintura, além de intervenções na rede elétrica e estrutural.

"Vamos colocar o recurso no orçamento do ano que vem. É importante que as pessoas sejam atendidas em um ambiente com mais conforto e segurança", ressaltou o secretário.

(com informações da Agência Estadual de Notícias)