26°
Máx
19°
Min

Câmara barra criação de ‘ciclofaixas’ nas avenidas de Ponta Grossa

(Foto: Divulgação) - Câmara barra criação de ‘ciclofaixas’ nas avenidas de Ponta Grossa
(Foto: Divulgação)

A Câmara Municipal de Ponta Grossa rejeitou nesta segunda-feira (13) o projeto de autoria do vereador George Luiz de Oliveira (PMN) para a criação de ciclofaixas nas principais avenidas de Ponta Grossa. A justificativa para votar contra o projeto proposto pelo parlamentar seria a necessidade de adequações na proposta.

O vereador Valter José de Souza (PROS), o “Valtão”, por exemplo, se disse favorável ao emprego das ciclofaixas como uma forma mais sustentável de mobilidade, porém não da maneira como foi conduzido pelo colega em plenário.  “É um tema importante e que tem que ser debatido. Mas um projeto dessa natureza deve ser aprovado de forma correta”, destacou. O vereador justificou seu posicionamento apontando que o projeto não era tecnicamente viável ao se apoiar em um ofício do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Ponta Grossa (Iplan).

Em primeira discussão o projeto não foi aprovado – foram 11 votos favoráveis e cinco contrários. Para ter segmento dentro da Casa, seriam necessários 12 votos a favor da proposta.

Detalhes do projeto

 O projeto de lei proposto atende pelo Nº 34/16. Em seu primeiro artigo destaca que ficaria criado o Sistema de Ciclofaixas ou Faixas Compartilhadas no Município de Ponta Grossa, como incentivo ao uso de bicicletas, patinetes, patins e estímulo a prática de corrida de rua, contribuindo dessa forma, para o desenvolvimento da mobilidade sustentável e prática esportiva na cidade. Ele seria formado por três frentes: I - rede viária para o transporte por bicicletas, patins e patinetes, formada por ciclovias, ciclofaixas, e rotas operacionais de ciclismo; II - locais específicos para estacionamento de bicicletários e paraciclos; e III — faixas compartilhadas para utilização em conjunto de ciclistas com usuários praticantes de corrida de rua.