22°
Máx
14°
Min

Câmara vota pedido de comissão processante contra Luizinho Gari

(Foto: Divulgação/Câmara de Maringá) - Câmara vota pedido de comissão processante contra Luizinho Gari
(Foto: Divulgação/Câmara de Maringá)

A Câmara Municipal de Maringá avalia na noite desta terça-feira (29) o pedido de comissão processante contra o vereador Luizinho Gari (PDT), preso preventivamente por determinação da Justiça. Ele está detido há exatamente uma semana, acusado de injúria e ameaça contra e ex-mulher.

O pedido de comissão processante será lido em plenário e, caso a maioria simples dos presentes aprove, a investigação terá início em cinco dias. Nesta terça-feira já podem ser escolhidos o presidente e relator da CP, que terá 90 dias para apresentar o relatório final.

A denúncia contra Luizinho Gari foi feita pelo professor Jorge Villalobos por quebra de decoro parlamentar. Luizinho Gari ainda não está afastado do cargo de vereador. Por enquanto, sua assessoria apenas entregou ofícios para comunicar a falta às sessões.