23°
Máx
12°
Min

Cambé recebe obras de ampliação de rede de esgoto

(foto: Divulgação) - Cambé recebe obras de ampliação de rede de esgoto
(foto: Divulgação)

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) inicia nos próximos dias obras de ampliação do sistema de esgoto de Cambé. Serão assentados 20 mil metros de novas redes coletoras para atender mais 2.600 imóveis da cidade. Os investimentos somam R$ 2,5 milhões. Parte desse recurso é referente ao termo aditivo ao contrato de programa assinado em junho entre a Sanepar e a Prefeitura Municipal.

Nesta etapa inicial das obras, técnicos estão fazendo levantamento topográfico nos locais a serem atendidos. Em toda Cambé, serão beneficiados os moradores dos bairros Montecatini, Golden Park 2, Monte Castelo, Jardim São Paulo, Café, Andaluzia e Boa Vista.

“Com essas obras vamos fazer com que a cidade chegue ao índice de 94% de cobertura com o serviço de coleta e tratamento de esgoto. Isso é índice de primeiro mundo e revela que estamos trabalhando forte para estender o serviço a toda população”, disse o prefeito João Pavinato.

Nesta semana, a Sanepar promoveu reunião comunitária no bairro Montecatini, região Leste de Cambé, para orientar os moradores sobre os procedimentos do trabalho e repassar informações gerais das obras. O gerente regional da Sanepar Marcos Machioni explicou que após os levantamentos que vão determinar o traçado, a profundidade e a declividade da rede coletora, cada morador receberá visita de um técnico da Companhia para fazer a adesão formal ao serviço.

Machioni também descatou a importância do empreendimento. “Embora ocorram transtornos momentâneos em decorrência das obras, é importante que a população reconheça o valor dos empreendimentos de esgoto. Logo todos poderão desfrutar de mais saúde e de melhores condições ambientais no bairro”, ressaltou.

Moradores

Rosimeire Silvestre, moradora da Rua Vital Brasil, participou da reunião comunitária e disse estar satisfeita com os benefícios da obra de esgoto no seu bairro. “É um bem para todos os moradores. Eliminar a fossa vai evitar muitos problemas”.

Para o vice-presidente da Associação de Moradores do Montecatini, Wilson Silva, a reunião foi esclarecedora. “Claro que durante a obra teremos algumas dúvidas, mas temos o canal aberto com a Sanepar para poder esclarecê-las quando surgirem. O mais importante é que havia um compromisso para que a obra começasse neste segundo semestre e a gente está vendo isso ser cumprido”.

Nos próximos meses, na medida em que novas etapas das obras forem concluídas, os moradores serão comunicados oficialmente pela Sanepar sobre o período em que será possível fazer a ligação do imóvel à rede de esgoto.

(com assessoria de imprensa)