22°
Máx
17°
Min

Caminhada vai lembrar dia nacional de combate ao abuso de crianças

Foto: Arquivo / Assessoria - Caminhada vai lembrar dia nacional de combate ao abuso de crianças
Foto: Arquivo / Assessoria

O dia 18 de maio, data que marca o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, será lembrado em Foz do Iguaçu, nesta quarta-feira (18), com a tradicional caminhada pelas ruas do centro da cidade.

Os participantes vão partir às 8h do 34º Batalhão de Infantaria Motorizado, na Avenida Brasil, em direção à Praça do Mitre. A caminhada faz parte de uma série de atividades desenvolvidas neste mês pelo Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA) e pela Rede Proteger, composta por 40 entidades de Foz do Iguaçu e região, entre elas, a Itaipu Binacional, por meio do Programa de Proteção à Criança e ao Adolescente (PPCA).

O objetivo é mobilizar, sensibilizar, informar e convocar a sociedade para a luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes. Todas as ações seguem as orientações da campanha Faça Bonito – Proteja Nossas Crianças e Adolescentes, do Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, cujo mote é Esquecer é Permitir.

As atividades começaram na manhã do último domingo (15), na feira da terceira pista da Avenida Juscelino Kubitschek, com a distribuição de material informativo (ver fotos ao lado).

A colega Maria Emília Medeiros de Souza (AS.GB) participou da abordagem aos feirantes e clientes, ao lado de integrantes do CMDCA e Conselho Tutelar.

Na segunda-feira (16), foi realizada na Câmara de Vereadores uma audiência pública para discutir o tema Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual e Trabalho Infantil de Crianças e Adolescentes em Foz do Iguaçu.

A ação também serviu para marcar a abertura oficial da campanha municipal. Itaipu foi representada na audiência pelas colegas Maria Emília Medeiros de Souza e Erika Patrícia Davies e pelas estagiárias Nicolle Dzioba e Geovanna Zambotto (todas da AS.GB).

Nesta terça-feira (17), estão sendo distribuídos materiais informativos sobre o tema no Terminal de Transporte Urbano (centro).

Às 20h, na Casa da Amizade, a juíza da Vara da Infância e da Juventude de Foz, Luciana Assad Luppi Ballalai, vai proferir a palestra uma alternativa contra a exploração sexual e outras vulnerabilidades.

Campanha interna

A Itaipu Binacional também promoverá ações para lembrar o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. As atividades estão sendo organizadas pelo PPCA, com apoio do Refúgio Biológico Bela Vista e as áreas de Comunicação Social e Serviços Gerais.

Na tarde desta terça-feira (17) serão distribuídas em diversas áreas da empresa gérberas amarelas, que é a flor símbolo da campanha.

Na quinta-feira (19), alunos de escolas municipais e estaduais de Foz do Iguaçu serão convidados a participar de uma mobilização sobre o tema, com o uso de desenhos, teatro, filmes e conversa de roda.

Também está prevista para este mês uma fiscalização na Ponte Internacional da Amizade, para verificar se crianças e adolescentes estão atravessando a fronteira desacompanhados dos pais ou responsáveis.

18 de maio

A data lembra o caso Araceli Cabrera Sanches, no Espírito Santo. Em 18 de Maio de 1973, a menina Araceli de 8 anos, foi sequestrada, drogada, espancada, estuprada e morta por integrantes de uma tradicional família da cidade.

Muita gente acompanhou o desenrolar do caso, porém, poucos denunciaram. O silêncio resultou na impunidade dos criminosos.

Em 2015, segundo dados do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), foram registradas 3.015 ocorrências envolvendo crianças, cerca de 10% a mais que no ano anterior (2.734).

Não se cale, denuncie!

Para denunciar crimes envolvendo crianças e adolescentes, basta ligar para o ‘Disque 100’ ou ‘Disque 181’. Ou então entrar em contato com o Conselho Tutelar ou o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) do município.

Em Foz do Iguaçu, além do Disque 100, existem os serviços 24h do Conselho Sul, pelo telefone (45) 9921-7576, Conselho Norte, pelo número (45) 9997-1441, e Creas, pelo 0800 451407. Ou, ainda, o Nucria (delegacia especializada), nos horários de atendimento ao público, das 9h às 12h e das 14h às 18h, pelo telefone (45) 3524-8565.

Colaboração: Assessoria de imprensa