22°
Máx
16°
Min

Caminhão levava mais de duas toneladas de maconha

Cleiton foi ouvido na delegacia, e informou que levaria a carga para a cidade de Barretos, no estado de São Paulo (Foto: Rede Massa) - Caminhão levava mais de duas toneladas de maconha
Cleiton foi ouvido na delegacia, e informou que levaria a carga para a cidade de Barretos, no estado de São Paulo (Foto: Rede Massa)

A Polícia Civil de Foz do Iguaçu, divulgou no fim da tarde desta quinta-feira (18), uma nota com os detalhes da apreensão ocorrida na madrugada, de um caminhão carregado com maconha.

A droga foi pesada e totalizou mais de duas toneladas de maconha.

Confira a nota na íntegra:

  • A apreensão aconteceu na madrugada desta quinta-feira (18), quando policiais civis da equipe Alpha/G.D.E, em um serviço de investigação, que já durava aproximadamente 30 dias, abordaram o caminhão de placas GXS-2163 de São Paulo, conduzido pelo motorista Cleiton Lucien Togneri Rosa, 45 anos, na BR-277 proximidades da saída da cidade de Foz do Iguaçu.
  • Cleiton foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, assim que os policiais constataram que a carroceria do caminhão estava carregada com tabletes de maconha.
  • Durante a tarde toda a droga foi descarregada do caminhão e após pesagem totalizou 2.178 kg.
  • O delegado chefe da 6ª S.D.P, Alexandre Macorin enalteceu o trabalho de investigação da equipe policial e disse não ser este o foco de Polícia Civil de Foz do Iguaçu.
  • "Nos preocupamos com as pequenas "bocas" de tráfico que funcionam em nosso município e geram outros delitos em nossa cidade. Mas, em uma outra investigação que acontecia paralela, surgiu a informação deste caminhão, e os incansáveis policiais, por mais de 20 dias, seguiram o trajeto desse caminhão, culminando nesta grande apreensão realizada na madrugada de hoje", disse o delegado.
  • Cleiton foi ouvido na delegacia, e informou que levaria a carga para a cidade de Barretos, no estado de São Paulo.
  • Após interrogatório ele foi encaminhado a Cadeia Pública onde deve permanecer a disposição da Justiça.