28°
Máx
17°
Min

Campanha de vacinação contra a gripe começa nesta segunda (25)

(Foto: AEN) - Campanha de vacinação contra a gripe começa nesta segunda (25)
(Foto: AEN)

A campanha de vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira (25) em todos os municípios do Paraná. A partir da próxima semana, pessoas com mais de 60 anos, crianças de seis meses até cinco anos incompletos, gestantes, mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias e portadores de doenças crônicas podem procurar a Unidade de Saúde mais próxima para se vacinar.

“Entre idosos, gestantes e crianças, o Paraná totaliza mais de 2 milhões de pessoas. Nossa meta é vacinar, no mínimo, 80% dessa população de risco”, ressaltou o coordenador estadual de Imunização, João Luís Crivellaro. Até esta quarta-feira (20), o Ministério da Saúde enviou 48% das doses disponibilizadas para o Estado.

O próximo lote, com mais 90 mil vacinas, está previsto para chegar até este domingo (24). Ao todo, até o fim da campanha, o Paraná deve receber quase 3 milhões de doses. A vacinação também estará disponível para outros públicos de risco, como trabalhadores de saúde, população indígena e presos.

Indicações

No caso da vacinação em portadores de doenças crônicas, como, por exemplo, diabéticos, cardiopatas ou doentes renais, é necessário apresentar indicação médica. Em doenças agudas febris moderadas ou graves, é recomendado adiar a vacinação até a resolução do quadro.

A vacina pode manifestar reações em pessoas com alergia ao ovo de galinha. “Por apresentar proteína do ovo na composição, ela não deve ser aplicada em quem tiver alergia severa à substância. Se a alergia é moderada, pode-se procurar um médico para avaliar a situação. Para garantir a segurança do paciente, a aplicação deve, neste caso, ser realizada em ambiente hospitalar”, explica Crivellaro.

Números

Os novos números de gripe, atualizados na terça-feira (19), mostram que desde janeiro de 2016, o Paraná já registrou 103 casos de Influenza, dos quais 78 são de gripe A (H1N1). Os casos de H1N1 estão espalhados por 14 Regionais de Saúde (RS) no Estado.

Entre síndromes respiratórias agudas graves e síndromes gripais, os exames laboratoriais detectaram a presença do vírus em Curitiba e Região Metropolitana (8 casos), Ponta Grossa (3), União da Vitória (3), Francisco Beltrão (1), Foz do Iguaçu (7), Cascavel (4), Campo Mourão (3), Umuarama (3), Cianorte (7), Paranavaí (2), Maringá (28), Londrina (7), Cornélio Procópio (1) e Ivaiporã (1).

A Secretaria da Saúde também confirmou três novos óbitos por gripe no Estado. No total, agora são cinco mortes por H1N1 no Paraná – em Foz do Iguaçu, Quitandinha e Umuarama, além das já confirmadas em Maringá e São José dos Pinhais.