21°
Máx
17°
Min

Campanha Vote Bem retorna em 2016

O Sistema Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) vai retomar neste ano a campanha de conscientização política Vote Bem, criada nas eleições de 2014. O movimento vai disseminar informações com o objetivo de estimular as pessoas a refletirem sobre a importância e as consequências do voto responsável. O relançamento da campanha foi feito na noite de quinta-feira (10) pelo presidente da entidade, Edson Campagnolo, durante o 2º Fórum Transparência e Competitividade, realizado em Curitiba. “O Vote Bem é uma campanha de cidadania”, afirma Campagnolo. 

“Grande parte das pessoas não se envolve na vida política e precisamos mudar esse quadro, começando pelo voto. Nosso voto vale muito e, se não for bem utilizado, pode custar muito caro”, completa.

De acordo com o presidente do Sistema Fiep, a campanha pretende envolver o maior número possível de segmentos da sociedade, mas terá foco especial no papel das empresas como instrumentos de disseminação de informações. “Queremos mostrar que precisamos mudar a consciência política das pessoas para que o país avance, e podemos começar essa mudança dentro de nossas empresas”, disse Campagnolo.

O Vote Bem foi lançado originalmente durante o processo eleitoral de 2014, quando a população elegeu presidente, governadores, senadores e deputados federais e estaduais. Agora, em 2016, quando serão eleitos prefeitos e vereadores, novamente será criado um portal que vai concentrar as informações. O site entrará no ar em maio, disponibilizando conteúdo sobre o processo eleitoral e os candidatos, além de ferramentas para que o eleitor tenha subsídios para decidir o seu voto de forma criteriosa.

Campagnolo explica que a iniciativa surgiu pelo fato de o Sistema Fiep entender que muitas das iniciativas para que a indústria possa se fortalecer e ser mais competitiva, contribuindo para o desenvolvimento do país, dependem de políticas públicas. Para que essas políticas estejam alinhadas às expectativas da sociedade e ajudem a superar as dificuldades que comprometem a competitividade do setor e não deixam o país crescer, é importante que sejam escolhidos representantes comprometidos com as necessidades da população.

A entidade entende que, por isso, é necessário unir nossos esforços para conscientizar empresários, industriários, sindicatos e toda a comunidade sobre a importância de um voto consciente. “Para votar melhor, precisamos de mais informação. E com mais informação, temos certeza de que iremos fazer a melhor escolha”, afirma Campagnolo, ressaltando ainda que a campanha vai mostrar que o compromisso do eleitor com a política não se encerra nas urnas. “É necessário também um rigoroso acompanhamento e cobrança ao longo do mandato de quem irá representar os nossos interesses pelos próximos quatro anos”, justifica.

Informações FIEP