22°
Máx
16°
Min

‘Capetas’ são presos no Norte do Paraná

(foto: Pixabay) - ‘Capetas’ são presos no Norte do Paraná
(foto: Pixabay)

Apelidos curiosos são comuns no mundo do crime. Mas uma situação inusitada ocorreu nesta quinta-feira (16) no Norte do Paraná: dois “capetas” diferentes foram presos pelas equipes da polícia de Jataizinho (21 km de Londrina) e Santo Antônio da Platina.

Adalto de Morais, conhecido como “Capetinha”, foi preso por tráfico de drogas em Jataizinho. O jovem de 19 anos era foragido da cadeia pública de Assaí.

Em 2015, Adalto cometeu um assassinato que chocou a população de São Sebastião de Amoreira (47 km de Cornélio Procópio). Ele matou um idoso de 75 anos com golpes de barra de ferro e facadas. A vítima foi encontrada com o rosto desfigurado e uma faca cravada no tórax. “Capetinha” roubou alguns pertences da residência do idoso e foi preso logo em seguida.

O outro

João Batista Porto, conhecido como “João Capeta”, foi preso em Santo Antonio Platina. O homem de 56 anos também tinha um mandado de prisão por tráfico de drogas e furtos cometidos na cidade.

Apesar de já ter cumprido vários anos de detenção, “João capeta” não é considerado uma pessoa violenta pela polícia.