22°
Máx
16°
Min

Casal é pego “no flagra”, tentando aplicar golpe em concessionária

Um casal suspeito por estelionato foi preso em flagrante na tarde de quarta-feira (11), no momento em que tentava aplicar um golpe para retirar um veículo de uma concessionária, localizada no bairro Alto da XV. A prisão foi realizada pela equipe de investigação da Delegacia de Estelionato (DE), depois que eles receberam uma denúncia.

Raimundo Nonato Pereira da Silva, de 24 anos, e Tânia Regina Travassos, de 44, utilizavam documentos falsos para fazer a negociação do carro. Os suspeitos moram em Joinville (SC) e estavam na cidade apenas para praticar o crime, como relataram à equipe.

O gerente da loja entrou em contato com a delegacia após receber uma ligação do banco, alertando-os que os dados enviados pelos suspeitos poderiam ser falsos. Além disso, chamou a atenção deles uma venda realizada há um mês, no qual um Pálio branco seminovo foi financiado, pois as referências utilizadas naquela venda eram as mesmas desta.

Durante a ação, os policiais constataram que se tratava de uma quadrilha. Ao lado de fora da concessionária, duas pessoas estavam no Pálio branco – comprado também através de um golpe – esperando o casal. Porém, eles fugiram ao perceber a presença dos investigadores no local. Mesmo assim, o condutor do veículo já foi identificado pela equipe policial.

Na delegacia, o casal confessou o crime, mas não sabiam onde a documentação falsa tinha sido feita, eles apenas deram as fotos. Os dois ainda disseram que foram convidados para participar do esquema, em troca de mil reais. O valor do prejuízo causado para a empresa até o momento é de R$32 mil, devido ao veículo que a quadrilha conseguiu retirar há um mês.

O casal está preso na Delegacia de Estelionato, onde fica à disposição da Justiça. Eles vão responder por estelionato, associação criminosa, uso de documento falso e falsidade ideológica. A polícia continua as investigações para tentar encontrar os outros dois comparsas.