27°
Máx
13°
Min

Casal é preso com 21 pés de maconha na região central

(Foto: Divulgação) - Casal é preso com 21 pés de maconha na região central
(Foto: Divulgação)

O casal José Gustavo Pacheco Weber e Andressa Seguro, ambos com 30 anos, foram presos hoje (9) no final da manhã, na região central de Campo Largo, por manterem 21 pés de maconha em casa. A ocorrência foi atendida pela Guarda Municipal que encaminhou a dupla para a Distrito Policial de Campo Largo. Segundo informações, Weber e a esposa serão ouvidos mediante manifestação em juízo, somente na presença do advogado. Ele será autuado por tráfico de drogas e, a mulher, por associação ao tráfico.

Conforme o guarda municipal, Fabiano Carlos da Silva, que participou da prisão, o caso iniciou no fim da manhã quando a GM abordou dois homens que fumavam maconha em um terreno baldio, próximo ao Campus da UFPR. Diante da insistência em saber onde tinham comprado a droga, a dupla se ofereceu em levar os guardas municipais até o local.

(Foto: Divulgação)

Ao chegarem à residência, também na região central, a GM foi recebida por Andressa Seguro que ficou nervosa mas permitiu a entrada dos guardas. No quintal dos fundos da casa foram encontrados 21 pés de maconha, alguns em vasos e outros plantados, assim como uma pequena estufa onde é feito a secagem das folhas; 3 tabletes de maconha prensada pesando cerca de 1 kg, três rádios comunicadores e uma balança de precisão.

O GM Silva conta que a mulher estava com os dois filhos pequenos e, para que as crianças não fossem encaminhadas para o Conselho Tutelar, chamou a mãe para vir buscá-los. Nesse meio tempo, telefonou para o marido. Quando Weber chegou, admitiu que era proprietário dos pés de maconha, conforme relato da GM. Encaminhados para a DP de Campo Largo, foi informado que pelo 181, telefone de denúncia de entorpecentes, o endereço já tinha três denúncias por relação com venda de drogas. Weber tem antecedentes criminais.

(Foto: Divulgação)

Existe o boato de que Weber seria parente do Secretário Municipal Antidrogas de Campo de Largo, Carlos Augusto Weber, mas em contato com a prefeitura não há confirmação. 

O caso será investigado pela Delegacia Policial de Campo Largo.