22°
Máx
14°
Min

Casos confirmados de H1N1 em Ponta Grossa sobem para 37

(Foto: Divulgação) - Casos confirmados de H1N1 em Ponta Grossa sobem para 37
(Foto: Divulgação)

Foram confirmados novos casos da gripe H1N1 em Ponta Grossa no último boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Agora, a cidade tem 37 casos registrados de infecção pelo vírus. Nesta sexta-feira (20), saíram os resultados dos exames de dois homens e duas mulheres. Eles já foram medicados e passam bem.

Além dos casos que já foram confirmados e medicados, ainda existem duas suspeitas de morte pelo vírus. Um homem de 38 anos e uma mulher de 58 anos estavam internados em hospitais da cidade e morreram com a suspeita da doença. Em ambos os casos, os materiais necessários foram coletados e encaminhados para o Laboratório Central do Estado (Lacen) para exames que irão determinar a causa da morte.

Também há uma suspeita envolvendo uma adolescente de 17 anos que morava em Carambeí. Ela foi internada no Hospital Nossa Senhora do Rocio, em Campo Largo, onde morreu no início da semana. Os exames também são realizados pelo Lacen para determinar a causa da morte. A assessoria de imprensa da Prefeitura de Carambeí emitiu uma nota lamentando a morte da garota:

“A Prefeitura Municipal de Carambeí por meio da Secretaria Municipal de Saúde se solidariza à dor dos familiares da jovem carambeiense que faleceu nesta semana no Hospital Nossa Senhora do Rocio, no município de Campo Largo. Na oportunidade informamos que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) determinou que nenhuma informação sobre o motivo do óbito pode ser divulgada sem que seja pela assessoria de comunicação da Sesa”.

Dengue

Embora a maioria das pessoas agora tenha voltado suas atenções para a gripe H1N1, o mosquito Aedes aegypti ainda está por aí e novos casos de dengue foram confirmados. Nesta quinta-feira (19), um novo boletim divulgado pela SMS mostra que a cidade agora tem 19 casos autóctones – aqueles adquiridos dentro do município. Além deles, são mais 22 pacientes que foram infectados em outras cidades e retornaram para Ponta Grossa.

O bairro mais crítico é Uvaranas, onde foram confirmados 11 casos. No Jardim Carvalho, houve quatro moradores que tiveram dengue. Os outros casos foram registrados na área rural, Nova Rússia, Contorno e Cará-Cará.