22°
Máx
17°
Min

Castro vai implantar sistema de monitoramento por câmeras

(Foto: Divulgação) - Castro vai implantar sistema de monitoramento por câmeras
(Foto: Divulgação)

O prefeito Reinaldo Cardoso se reuniu com os líderes das forças de segurança pública de Castro na última semana para definir a implantação do sistema de monitoramento no município. Na reunião ainda foram discutidas outras medidas que serão tomadas para combater a criminalidade na cidade.

Dr. Reinaldo destacou que o interesse e o estudo sobre a implantação do sistema de monitoramento já vem sendo realizado há algum tempo. “Além disso, as discussões sobre o levantamento de custos, de compra e instalação dos equipamentos já começaram há uns 15 dias. Então agora chamamos a Guarda Municipal e Polícia Militar, para definirmos os ajustes finais necessários para a implantação das câmeras que serão adquiridas pela Prefeitura, enquanto que eles [Guarda Municipal e Polícia Militar] ficam responsáveis pela parte de instalação e monitoramento. O monitoramento com câmeras vai contribuir para criarmos um sistema de vigilância com maior segurança ”, conta.

A secretária municipal de Segurança Pública, Regina Vassão Iezak, conta que as ações noturnas serão reforçadas. “Já estávamos fazendo as operações de ronda noturnas, e a partir de agora teremos uma equipe extra, trabalhando no período da noite. Além disso, pretendemos criar uma central de atendimento única, com Guarda Municipal e Polícia Militar atendendo em um mesmo centro de operações”, ressalta. “E ainda esse ano, pretendemos realizar um concurso para ampliação da guarda, principalmente no interior, Socavão e Abapan”, completa.

O 1º tenente Leandro de Azevedo Thereza, comandante da Polícia Militar, ressalta que o trabalho integrado entre Prefeitura, PM e Guarda Municipal vai contribuir para fortalecer a segurança no município. “A nossa proposta é a aproximação cada vez maior entre todas as forças municipais e estaduais de segurança para que possamos trabalhar integrados para o benefício público. Além disso, a pedido da própria Prefeitura, vamos intensificar novamente o acompanhamento e a fiscalização dos bares, pois a legislação municipal que limita o horário de funcionamento muitas vezes é descumprida”, frisa.

O investimento será de mais de R$ 200 mil em recursos próprios.

Colaboração Assessoria de Imprensa.