27°
Máx
13°
Min

Categoria aceita proposta e descarta greve do transporte público na fronteira

Foto: Arquivo Massa News - Categoria aceita proposta e descarta greve do transporte público
Foto: Arquivo Massa News

A reunião foi na noite de ontem (27) em Foz do Iguaçu. A categoria dos trabalhadores do transporte público pediu o reajuste e ameaçou greve, caso não houvesse um acordo. Mas no fim da assembleia a proposta patronal foi aceita.

Com o acordo os trabalhadores vão receber 5% no piso e mais 5% no vale alimentação. Já em janeiro do ano que vem, os 5% no vale alimentação, deverão passar para o piso da categoria.

Com a proposta, segundo o sindicato, o indicativo de greve está descartado em Foz do Iguaçu. Outro assunto debatido na pauta foi o fim da dupla função de alguns trabalhadores. Atualmente, segundo o sindicato, 12 ônibus da fronteira, trabalham com motorista que exerce também o papel de cobrador.

No acordo foi definido que as empresas vão acabar com a jornada dupla de forma gradativa. Hoje mais de 150 ônibus de quatro empresas operam em Foz do Iguaçu, no transporte público.

Trabalhadores das linhas metropolitanas e internacionais, que também são representados pelo sindicato, terão os mesmos benefícios.