22°
Máx
16°
Min

Chuva pode ter colaborado para acidente que matou mãe e filha em Paranaguá

Mãe e filha morreram em um grave acidente registrado no fim da noite de terça-feira (12), em Paranaguá. De acordo com informações do 9º Batalhão de Polícia Militar de Paranaguá, as duas foram atropeladas quando supostamente tentavam atravessar a Avenida Bento Munhoz da Rocha Neto, no Bairro Agari. 

“O que as testemunhas relataram no local é que as vítimas estavam de bicicleta e tentavam atravessar a Avenida. Chovia bastante e isso pode ter contribuído para o acidente”, relatou o sargento.

Gisele de Oliveira Pinto Xavier, de 31 anos e a filha de 11 anos, tiveram morte imediata. Ainda segundo a polícia, elas teriam sido atropeladas por dois veículos. “O relato do conduto do veículo Palio que parou após o acidente, é de que como a chuva era intensa, ele não viu as duas, que apenas ouviu um barulho e sentiu como se tivesse passado uma lombada”, contou. “E, que outro carro teria atropelado as duas antes e não parou”.

O Siate e o Samu foram acionados, mas nada puderam fazer. Os corpos foram recolhidos ao Instituto Médico Legal. A polícia agora investiga o caso e tenta localizar o outro veículo envolvido no caso.

Outro

No início da manhã de terça-feira (12), outro caso envolvendo atropelamento de ciclista foi registrado na Avenida Bento Munhoz da Rocha Neto. Neste caso, no entanto, as vítimas, uma mulher de 19 anos e uma criança de 1 anos, resultaram com ferimentos graves, mas não corriam risco de morte. O acidente aconteceu quando elas seguiam pela via de bicicleta, e teriam sido atingidas por um veículo Logan, cujo condutor fugiu do local.