22°
Máx
17°
Min

Cinegrafista é morto com cinco tiros na porta de casa

Adir foi morto com pelo menos cinco tiros quando chegava em casa (Foto: Ângelo Neto / Rede Massa) - Cinegrafista é morto com cinco tiros na porta de casa
Adir foi morto com pelo menos cinco tiros quando chegava em casa (Foto: Ângelo Neto / Rede Massa)

O cinegrafista Adir Vilamar Shimaski, da TV Humaitá, em Guarapuava, foi morto com cinco tiros na noite desta quarta-feira (24). A vítima chegava em casa, no bairro Batel, quando foi baleado pelo menos cinco vezes. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local do crime.

Adir Vilamar Shimaski trabalhava com jornalismo policial há cerca de 15 anos (Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal)

Vizinhos do cinegrafista revelaram à Polícia Militar que viram um homem alto de jaqueta escura fugindo do local do homicídio. A Polícia Civil vai investigar o caso, mas ainda não há informações sobre a motivação do crime e se o assassinato tem relação com a atividade profissional do câmera.

Adir foi morto a tiros na porta de casa; polícia ainda não tem suspeitos do crime (Foto: Ângelo Neto / Rede Massa)

Adir trabalhava há mais de 15 anos com reportagens policiais. Outras informações em breve.

Colaboração Ângelo Neto, da Rede Massa.