22°
Máx
14°
Min

Clima fica tenso entre servidores e chefe de gabinete na prefeitura de Maringá

Servidores querem pagamento dos dias parados na greve (Foto: Sismmar) - Clima fica tenso entre servidores e chefe de gabinete na prefeitura
Servidores querem pagamento dos dias parados na greve (Foto: Sismmar)

O clima ficou tenso na manhã desta quarta-feira (6) na Prefeitura Municipal de Maringá. Servidores públicos foram até o local para pedir a retomada das negociações sobre o pagamento dos dias parados na greve, ocorrida entre o fim de março e início de abril. Eles foram recebidos pelo chefe de gabinete Luiz Carlos Manzato.

O chefe de gabinete declarou que não tinha o que falar com os servidores, pois a decisão sobre o assunto estava em análise da Justiça. “Não trabalhou, não recebe. É assim que funciona”, defendeu.

Os servidores municipais tinham a expectativa de falar com o prefeito Roberto Pupin, mas não passaram da sala de espera do gabinete. Eles apresentaram um ofício protocolado no dia 7 de junho em que pedem uma reunião com a administração municipal para negociação.

A categoria defende que o Executivo havia se comprometido em não descontar os dias parados, enquanto a administração nega. Atualmente, a briga está na Justiça.

Colaboração Nádia Lopes da Rede Massa