28°
Máx
17°
Min

Cohab ainda precisa vistoriar mais de 400 imóveis atingidos pela chuva em Londrina

(Foto: Marco Feltrin) - Cohab ainda precisa vistoriar mais de 400 imóveis atingidos pela chuva em Londrina
(Foto: Marco Feltrin)

A Companhia de Habitação de Londrina (Cohab) enfrenta dificuldades para vistoriar imóveis avariados durante as fortes chuvas que atingiram a cidade na primeira quinzena de janeiro.

Segundo a Defesa Civil, foram recebidos mais de 800 chamados de moradores com problemas estruturais nas residências. Desde então, apenas 362 vistorias foram concluídas, o que levou a Cohab a pedir apoio do Clube de Engenharia e Arquitetura de Londrina (Ceal) para atender a demanda.

“A Cohab participa na Defesa Civil nessa parte de vistoria e não temos braços e pernas suficientes para atender essa demanda sozinho”, afirma o presidente da Cohab, José Roberto Hoffmann.

O Ceal se comprometeu a realizar 100 vistorias com dez profissionais dispostos a colaborar. O presidente do órgão, José Fernando Garla, afirmou que outros associados podem ser voluntários na iniciativa. “Como a demanda da Cohab é numerosa, ainda há muitos imóveis para serem vistoriados”.

Após a análise dos especialistas, relatórios vão determinar se os estragos detectados exigirão interdição total ou parcial dos imóveis.