21°
Máx
17°
Min

Coleta de material reciclável gera renda para 30 famílias

Foto: Silmara Santos - Coleta de material reciclável gera renda para 30 famílias
Foto: Silmara Santos

Nos três últimos anos, a coleta seletiva de Cafelândia teve um aumento de mais de 400%, gerando renda para as cerca de 30 pessoas que sobrevivem com a coleta de material reciclado no município. 

São duas equipes de coleta seletiva que dividem o material em dois barracões para separação, enfardamento e repasse desse material, o que gera cerca de 50 toneladas mensais de material reciclado. Esse número pode aumentar com a colaboração de toda a população, que ao fazer a separação dos materiais recicláveis em casa contribui para o sustento das famílias e evita o dano ao meio ambiente.

A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente é a responsável por acompanhar essa coleta, fornecer funcionários públicos e ajudar no repasse do material. Segundo o coordenador de materiais recicláveis, Robson da Silva Aguiar. 

“Há três anos os catadores foram chamados para centralizar o material reciclado no barracão e ajudar nas questões de sanidade do município, com isso as pessoas passaram a ter melhores condições de trabalho e hoje temos em torno de dez funcionários públicos que participam da coleta seletiva, mais os associados, isso gera uma média de 30 pessoas envolvidas, trabalhando diariamente para melhorar a limpeza do nosso município, fazendo com que essas famílias tenham renda garantida, tudo isso foi feito com o apoio da administração municipal” explica.

A associada, Terezinha Gonçalves da Luz, que trabalha há 15 anos, conta sobre a rotina. 

“Construíram aqui, não tinha a associação, nós puxávamos de carrinho, depois que formou a associação melhorou bastante, foi feito o piso e a cozinha, isso melhorou 100%, [...] peço para a população puder colaborar com a gente, não mandar cacos de vidro junto com os reciclados, porque às vezes a gente não vê e se corta”. 

Segundo a associada, a população ainda manda material orgânico junto com o reciclável, mas hoje é bem menor a quantidade do que quando ela começou a trabalhar.

Na primeira e na terceira segunda-feira do mês, é feita a coleta de material reciclável na Comunidade de Central Santa Cruz e no primeiro sábado de cada mês é feita a coleta nas comunidades do interior, atendendo assim 100% das residências do município.

Calendário  de material reciclado

  • SEGUNDA-FEIRA: Novo Milênio, Pioneiros I, II e III, Rua da escola André Luiz (Nicanor Sganzela), Ouro Verde, Faculdade Única e saída para Penha, Palmeiras, Parque São Paulo, saída para a Campina;
  • TERÇA-FEIRA: Ema Feltrin, Residencial Alba, Consolata, Parque Verde;
  • QUARTA-FEIRA: Guilhermina Tenfen, Bairro do Café, Saída para Silva jardim, Floresta, Tancredo Neves;
  • QUINTA-FEIRA: Bom Jesus, Vila do Sossego, Jardim Itália, Bela Casa, Jardim Progresso, Morada Nova, Benjamin Antônio Motter (Mutirão V e VI), Daniel Folle, Contorno Norte;
  • SEXTA-FEIRA: Centro.
  • Observação: Nos feriados a coleta de materiais recicláveis não é feita, por isso, a secretaria de agricultura e meio ambiente pede para evitar deixar o material reciclado em frente às residências, em caso de dúvidas é só entrar em contato, fone: (45) 3241-4307.

Colaboração: Assessoria de Comunicação Prefeitura de Cafelândia.